Pular para o conteúdo
o que é uma autobiografia

O que é uma autobiografia: Descubra os tipos, estruturas e mais

O que é uma autobiografia? Se você está pensando em publicar um livro sobre a sua história de vida, provavelmente você já fez ou está se fazendo essa pergunta.  Autobiografia é um dos gêneros literários que vem conquistando a preferência dos leitores a cada ano e assumindo outros formatos, como o audiobook.

Muita gente compara a autobiografia com uma fofoca contada pelo próprio autor. Porém, acredito que isso seria reduzir muito a sua história de vida a um “disse me disse”, um mexerico corriqueiro qualquer.

A Autobiografia é um tipo de texto com objetivo de transmitir mensagens poderosas, além de inspirar e emocionar o leitor. Se você acredita que esse é o propósito do seu livro autobiográfico, está no lugar certo.

Neste conteúdo, vou te contar o que é a autobiografia, quais as características e tipos mais comuns. Vem comigo!

O que é uma autobiografia?

A autobiografia é um tipo de gênero textual em que o autor conta ou narra a própria história de vida. No geral, ela é escrita em primeira pessoa e narra experiências, vivências ou a vida inteira de políticos, artistas, celebridades e outras figuras de importância social ou histórica.

Porém, a autobiografia é um formato que pode ser utilizado também por pessoas anônimas ou que tenham o objetivo de compartilhar sua história de vida com leitores.

O formato é encontrado não somente em formato de livros, mas também em matérias do gênero jornalístico, no cinema e outras expressões artísticas.

Uma curiosidade é que a minha e a sua rede social também pode ser vista como uma autobiografia (uma mini-autobiografia, na verdade) onde revelamos trechos selecionados de nossa vida. Ou seja, uma ótima forma de imaginar como seria um livro que conte sua vida.

Para que serve a autobiografia?

A autobiografia pode servir a objetivos educativos, como também para fins artísticos e informativos.

É muito comum que esse tipo de livro se posicione em uma faixa temporal ou espacial, tecendo as relações e experiências vividas em um contexto histórico específico.

Assim, independente da finalidade, todas elas apresentam um sentido educativo, já que nos permite entender e compreender a vida sobre através das lentes de outro alguém.

Como é a estrutura de uma autobiografia?

A autobiografia tem uma estrutura baseada em acontecimentos do passado. Nesse sentido, o resgate de lembranças e situações vividas é o fator principal desse tipo de gênero textual.

Estruturalmente, a biografia se divide da seguinte forma:

  • Título – As opções mais comuns trazem o nome do autor e uma frase que define o período ou fase retratada no livro;
  • Introdução – Apresenta informações iniciais e mais básicas sobre o autor, como onde mora, idade, data de nascimento etc;
  • Corpo do texto – É onde você apresenta propriamente os fatos, em ordem cronológica e com o encadeamento lógico de ações;
  • Conclusão – É o encerramento da história, em que o autor narra os momentos finais de uma fase e apresenta também suas considerações finais.

Existem outros fatores que devem ser contemplados na autobiografia. Entre eles, as datas importantes, os locais onde a histórias se passou precisam estar claras para o leitor.

Além disso, ter um texto escrito em primeira pessoa e uma ordem cronológico de fatos são detalhes fundamentais que precisam ser consideradas na hora de escrever. Para isso, o autor deve ter conhecimentos sobre linearidade de escrita, para evitar que a história fique confusa.

Não esqueça de narrar seu convívio com pessoas importantes ou que marcaram fases da sua vida. Aproveite para apostar em detalhes que despertam os sentidos do leitor.

Quais são os formatos possíveis de autobiografia?

Um livro de autobiografia pode assumir diversos formatos, permitindo com que você escolha a maneira que mais dialoga e combina com sua história.

Entre as diversas possibilidades de formato estão:

Diário

A autobiografia em formato diário tem no destaque das datas uma das suas principais características.

Assim, são elas que dão o direcionamento e agem para o desenvolvimento do clímax e desfecho da história. Esse é um dos primeiros passos para transformar seu diário pessoal em um livro.

O diário pode ser bastante interessante se você entender que o leitor vai se identificar melhor com esse formato de narrativa.

Memórias

Uma autobiografia em formato de memórias tende a ser mais fragmentada. Por isso, é muito importante compensar a fragmentação (seja temporal ou espacial), investindo na profundidade narrativa ou dramática.

Assim, pode ser interessante optar por apenas um trecho da sua vida, aquele em que as experiências foram mais significativas.

Poema

Já pensou em escrever uma autobiografia em poema? Essa seria uma escolha lúdica de apresentar sua história.

O poema permite que você brinque com as palavras, podendo transmitir emoções de forma leve, mas sem deixar de apresentar uma experiência profunda ao público leitor.

Audiobook

Recentemente, a cantora Rita Lee lançou uma autobiografia em formato audiobook, com um título Rita Lee: uma outra autobiografia. A artista já havia lançado o título “Rita Lee: uma autobiografia” que havia sido um sucesso de crítica e recepção, isso em 2016.

O Audiobook da roqueira está entre os 10 mais vendidos da Amazon nesse tipo de formato, nas categorias de Biografias de Artes e Cultura, Biografia de Mulheres e Biografia de Celebridades e Apresentadores.

Isso mostra que o audiobook é uma possibilidade para todos e pode trazer ganhos e frutos a médio e longo prazo!

O que é uma autobiografia curta ou mini autobiografia?

A autobiografia curta ou mini autobiografia é um relato curto e breve de um trecho da sua vida. Devido ao tamanho do sub-gênero, o autor precisa optar por um ou dois fatos relevantes para narrar.

Esse tipo de narrativa tem se popularizado nas redes sociais, seja no Instagram, Facebook ou LinkedIn. Para isso, é importante observar as características da rede social.

Por exemplo, o LinkedIn é uma rede social para relações profissionais. Dessa maneira, uma mini autobiografia que valorize aspectos da sua carreira tem tudo a ver com a proposta da rede. Por outro lado, o Instagram pede um conteúdo mais leve, divertido e bem menos formal.

Lançar uma autobiografia curta também pode ser uma ótima forma de testar sua audiência e entender como ela se comporta. Por outro lado, pode ser também uma ótima estratégia de pré-lançamento para uma autobiografia propriamente dita. Assim, você deixa a audiência aquecida e curiosa para ler a história na íntegra.

Percebeu que entender seu tipo de público, as características dos ambientes os quais ele frequenta e as preferências dele pode fazer toda diferença na aceitação da sua autobiografia? Aproveite para se aprofundar ainda mais com o guia completo que vai te mostrar como escrever uma autobiografia tim-tim por tim-tim.

Por aqui, você conferiu o que é uma autobiografia, os formatos, tipos e seus objetivos. O Blog da Editora Viseu espera que essas informações sejam muito úteis para seu processo de escrita.

Até o próximo conteúdo!

Compartilhar

Outros Artigos

PUBLIQUE SEU LIVRO
Informe seus dados
para iniciar sua jornada
de publicação.
Um de nossos Consultores Editoriais
entrará em contato com você para
conversar melhor e explicar como
você pode publicar o seu livro!