Pular para o conteúdo
o que é e como se tornar um escritor

O que é ser e como se tornar um escritor? Confira no Blog da Editora Viseu

Definir o que é ser um escritor pode parecer uma tarefa fácil, no entanto, se engana quem dessa forma enxerga uma figura tão importante na sociedade. Claro que a evolução da tecnologia, talvez se tenha uma visão mais prática do que significa ser escritor, ao fazer emergir outras figuras profissionais no ramo da escrita.

Ou seja, fugindo um pouco da figura mitológica do escritor/autor, restrito a publicação de romances ou poesias de tirar o fôlego. Hoje, redatores, copywriters e ghostwriters também podem ser considerados escritores de ofício. Assim, se juntam a jornalistas, colunistas e outras figuras já conhecidas do grande público.

Porém, que tal mergulhar mais fundo, deixar os lugares-comuns para as coisas comuns e explorar o universo do escritor? Neste conteúdo, você vai conhecer seus dilemas, desafios, formação e como ele se encaixa nas tendências do cenário editorial da atualidade.

O que é ser um escritor e o que ele faz?

O escritor é aquele que escreve, essa é a definição que mais se encontra nos dicionários. O conceito pode bastar para os que desconhecem ou mesmo não atuam como escritores. Porém, certamente, passa longe de retratar fidedignamente o que faz um profissional da escrita.

O escritor é o profissional responsável por redigir textos literários como contos, romances e crônicas. Mas também é o profissional responsável por elaborar livros científicos, artigos, escrever resenhas, matérias jornalísticas, redigir documentos e conteúdos para diversos fins.

Hoje, por exemplo, o redator tem um papel fundamental na disseminação de conteúdo no mundo digital. É a partir dele que se desenvolvem textos de blog (como este!), guias informativos, materiais pedagógicos e muitos produtos com foco no ensino-aprendizagem.

Escritor e autor são a mesma coisa?

É bastante comum a utilização das palavras escritor e autor como sinônimos. Por outro lado, alguns estudiosos apontam elementos de distinção entre cada termo. Além disso, muitos dicionários também deixam claro a diferença entre cada um deles.

Dessa forma, o autor é o profissional que cria uma obra literária, artística ou científica. Por sua vez, o escritor é aquele que apenas escreve, anota, redige um texto de variados estilos. Assim, o escritor escreve de tudo, enquanto o autor foca sua criação em apenas um tipo de gênero e estilo, o que para alguns teóricos está diretamente ligado à concepção de obra.

É claro que as teorizações e definições podem ser alvo de questionamento e, por isso, dão pano pra manga. Mas essa discussão pode ficar para um outro momento. Agora, vamos focar no que você precisa desenvolver para se tornar um escritor!

Ah, e se você já publica livros ou pensa em publicar, confira erros que um autor não pode cometer na sua carreira profissional.

Como se tornar um escritor?

Para se tornar um escritor não existe um caminho único e definido. Não há uma formação direcionada para formar um escritor no Brasil. Porém, existem cursos acadêmicos, de aprimoramento e formação que podem contribuir para a formação do profissional.

Uma dica importante é que não basta saber escrever para se destacar na profissão. É importante estudar bastante, estar alinhado às exigências e ao momento mercadológico e buscar constantemente desenvolver suas soft skills.

Confira agora alguns fatores que você precisa observar, caso decida se tornar um escritor profissional.

1. A formação acadêmica é fundamental, apesar de não obrigatória

No Brasil, os cursos superiores que mais se aproximam da formação de escritor são os bacharelados em letras e em jornalismo. Os cursos de bacharelado em letras têm como objetivo, entre outros, formar profissionais para atuar no mercado editorial.

Assim, em teoria, o bacharel sai da academia preparado para assumir cargos em editoras, veículos de comunicação e na mídia digital, pois conta com sólida formação em aspectos linguísticos e literários, além de boa formação cultural.

Algumas das disciplinas do curso de letras relacionados à carreira de escritor são:

  • Estudos literários;
  • Gramática;
  • Língua e cultura;
  • Literatura;
  • Poesia;
  • Prosa;
  • Semântica;
  • Tópicos de escrita;
  • Tópicos do romance.
 
 

Por outro lado, os jornalistas são formados para escrever conteúdos de diferentes estilos e gêneros jornalísticos. Além disso, desenvolvem uma ótima cultura geral, com grande compreensão da sociedade e dos eventos que nela acontecem.

Já, no curso de jornalismo, o futuro escritor vai estudar disciplinas como:

  • Comunicação e expressão oral;
  • Leitura e produção de texto;
  • Linguística;
  • Redação jornalística;
  • Reportagem, pesquisa e entrevista;
  • Tecnologias em comunicação;
  • Teorias da comunicação.

Além dos cursos superiores, o escritor pode buscar formação em cursos de aprimoramento, de capacitação, em oficinas, cursos online, webinars e outros formatos.

Entre as modalidades mais buscadas, os cursos de escrita criativa são uma boa forma de colocar a escrita em prática, conhecer as tendências do setor, entender as necessidades do leitor, do mercado e construir uma boa rede de contatos.

como se tornar um escritor

2. Desenvolver habilidades é fundamental

O escritor é um leitor ávido e curioso, no geral. Sinal disso é que muitos deles são meticulosos, já que tentam entender a estrutura e o processo de criação de cada tipo de texto. O objetivo é sempre tornar conteúdos comuns em materiais convidativos e atraentes.

Para isso, o escritor deve ter algumas habilidades bem desenvolvidas:

  • Organização – Saber organizar bem ideias em texto é fundamental para se destacar na carreira;
  • Disciplina – o escritor está diariamente envolvido no seu processo de criação e leva isso muito a sério;
  • Atenção aos detalhes – estar atento a pequenos erros de gramática e ortografia, cuidados com a linguagem e outras sutilezas;
  • Paciência – refazer textos e conteúdos faz parte da rotina de escrita do escritor;
  • Flexibilidade – estar atento às tendências do mercado e aberto às exigências e comportamento de clientes, editores e leitores.
 

Para se tornar um escritor, desenvolver habilidades em gerenciamento de tempo e em aplicativos de coordenação de projetos e demandas pode fazer muita diferença na sua produtividade.

Aproveite ainda para desenvolver seus conhecimentos em outros idiomas, principalmente em inglês e espanhol.

3. Se planeje e cumpra todas as etapas

Ser um escritor e viver da escrita deve ser encarado como uma carreira, por isso, ter um planejamento e cumprir todos os requisitos necessários para você atingir seus objetivos é importante para quem busca reconhecimento e maiores ganhos financeiros.

Além disso, o planejamento de carreira pode trazer outras vantagens para escritores:

  • Gera motivação e engajamento – o plano de carreira traz mais motivação e engajamento para com os próprios objetivos;
  • Facilita o processo decisório – quando mais se tem claro onde se quer chegar, mais fácil fica tomar as decisões que acontecem pelo caminho;
  • Ajuda a manter o foco – o planejamento proporciona mais perspectiva, sentido para suas ações e mantém seu propósito sempre como guia da jornada;
  • Traz mais assertividade para suas ações – com o cenário mais claro, aumenta a possibilidade de uma conduta ainda mais intencional e assertiva;

Essas são palavras que podem parecer estranhas para muitas pessoas que já trabalham ou estão iniciando a carreira de escritor. Porém, elas fazem todo sentido quando se pensa na realidade do mercado, cada vez mais competitivo, tecnológico e exigente.

4. Pratique leitura e escrita

Para ser considerado um escritor, você precisa praticar a leitura e a escrita constantemente. Sem dúvida, essas características estão no cerne na figura do escritor, sendo indissociáveis a ler. Então, se ler e escrever são atividades que lhe despertam interesse, considere investir em outra profissão.

Outro ponto é que é somente através da leitura que você vai aprender as regras gramaticais, os estilos e gêneros textuais e tantos outros tópicos importantes. Por fim, praticar a escrita é a principal maneira de encontrar seu estilo e, com ele, se destacar no mercado.

Confira obras que todo escritor deveria ler antes de começar a escrever, com dicas de autores, como Stephen King, Steven Pinker e mais.

5. Divulgue seu trabalho nos canais disponíveis

Para se tornar um escritor, é importante que as pessoas conheçam seu trabalho e assim o reconheçam como tal. Por isso, compartilhar seu trabalho com uma rede de contatos, pedir avaliações e feedbacks dos seus leitores pode ajudar no caminho de como construir o escritor que você deseja ser.

Lembre-se ainda de que muito do sucesso de uma grande parte de profissionais, incluindo escritores e autores, é resultado de como eles se posicionam em seus canais de divulgação.

Dessa forma, é fundamental que você domine as principais formas de comunicação na atualidade, seja para divulgar ou vender seu trabalho, conquistar mais clientes ou formar uma comunidade engajada.

Quer saber como? Confira um texto com dicas de como os autores podem divulgar seu livro no Instagram, com estratégias que você mesmo pode aplicar.

Quanto ganha um escritor?

O salário de um escritor pode variar bastante, dependendo de alguns fatores. Por exemplo, um escritor de livros pode ganhar uma porcentagem sobre o valor de capa da publicação. Por outro lado, um redator publicitário, pode ter um salário fixo mensal, receber por hora trabalhada ou por quantidade de palavras escritas.

Confira o salário de escritor em algumas categorias:

  • Escritor de não-ficção: remuneração entre R$ 6.831,11 a R$ 15.488,25;
  • Escritor de ficção: remuneração entre R$ 3.719,49 a R$ 6.840,42;
  • Jornalista: remuneração entre R$ 3.924,73 e R$ 9.069,21;
  • Redator de publicidade: remuneração entre R$ 2.862,84 e R$ 6.824,88;
  • Roteirista de cinema:  remuneração entre R$ 1.577,12 a R$ 33.575,57; [1]
 

A remuneração é um fator que motivar ou desmotivar o escritor, dependendo da suas expectativas. Porém, tenha em mente que existem remunerações baixas e altas em todas as profissões. Por isso, vá construindo seu caminho com persistência, disciplina e muito amor por tudo o que faz.

Neste conteúdo, você conferiu o que é um escritor e como se tornar um profissional da escrita. Além disso, acompanhou dicas que podem ajudar a desenvolver sua carreira e ter uma jornada de sucesso.

O Blog da Editora Viseu espera que essas informações sejam muito úteis para você! Não perca a oportunidade de conferir um conteúdo cheio de informações que ensinam como você pode descomplicar sua escrita e escrever melhor.

Até o próximo conteúdo!

Fontes e referências:

[1] Fonte: https://www.salario.com.br/tabela-salarial/?cargos=E#listaSalarial

Compartilhar

Outros Artigos

PUBLIQUE SEU LIVRO
Informe seus dados
para iniciar sua jornada
de publicação.
Um de nossos Consultores Editoriais
entrará em contato com você para
conversar melhor e explicar como
você pode publicar o seu livro!