Pular para o conteúdo
Transforme sua história real em ficção - insights criativos para seu livro de ficção

História real: Crie uma ficção com base em fatos pessoais

Uma história real pode ser transformada em uma ficção? Neste conteúdo vamos responder este questionamento, e além disso, iremos oferecer insights criativos para que você saiba como transformar fatos pessoais em histórias que encantam os leitores.

ficção é um universo vasto e diversificado, que nos permite explorar vários gêneros: Romance, Aventura, Investigativo, Fantasia & Magia, Sobrenatural, Ficção Futurística, e Realista. Mas você já pensou em utilizar os fatos da sua própria vida como ponto de partida?

Essa é uma estratégia que pode levar a um trabalho criativo e original. Mas, atenção! Não confunda ficção baseada em fatos reais com autobiografia. Se o objetivo é ser fiel aos fatos, a autobiografia seria o caminho ideal. Aqui, nós estamos falando de reinventar a realidade.

A autobiografia é uma narrativa não-ficção da vida do autor, buscando precisão factual, enquanto a ficção baseada em fatos reais utiliza eventos reais como ponto de partida, permitindo adaptações, alterações e invenções para criar uma narrativa fictícia.

Assim, enquanto a autobiografia se esforça para uma representação fiel da realidade, a ficção baseada em fatos reais oferece mais liberdade criativa.

Índice | Navegue pelo artigo

Ideais para transformar uma história real em uma obra ficção

1. Faça uma Linha do Tempo com os Principais Acontecimentos da Sua História Real

Além de simples resumos, inclua na linha do tempo detalhes como locais, emoções e mudanças significativas que ocorreram em sua vida. Isso ajudará você a identificar padrões e pontos de virada que podem ser fundamentais para a trama. Utilize cores ou símbolos para representar diferentes aspectos, como conflitos, conquistas ou relacionamentos, para facilitar a visualização.

2. Liste as Pessoas Envolvidas na Sua História Real que Irão se Tornar Personagens

Ao transformar pessoas reais em personagens fictícios, considere não apenas a aparência e personalidade, mas também suas motivações, desejos e conflitos. Isso pode tornar seus personagens mais complexos e tridimensionais. Lembre-se, você tem liberdade para misturar traços de várias pessoas da vida real em um único personagem, se isso servir à sua história.

3. Adicione um Conflito Atenuado em Cada Fase

Ao atenuar um conflito, você não está apenas suavizando ou exagerando os fatos. Pode também dar uma nova perspectiva ou ângulo que não estava presente na situação real. Pense em como esses conflitos influenciam o desenvolvimento do personagem e o avanço da trama, garantindo que eles estejam alinhados com o tema geral da sua história.

4. Adicione Elementos de Fantasia para alterar a história real

Adicionar elementos de fantasia não significa apenas jogar magia na história. Considere como esses elementos se encaixam no mundo que você está construindo e como eles afetam os personagens e a trama. É essencial manter a coerência interna, de modo que os elementos de fantasia se sintam integrados à história, em vez de meros acréscimos.

5. Adicione um Romance Proibido para adaptar sua história real

O romance proibido não precisa ser o foco principal, mas pode ser um subenredo intrigante. Pense nas razões por trás da proibição e como isso afeta os personagens envolvidos. A tensão e o desejo podem ser poderosos impulsionadores da trama, e trabalhar nesses elementos pode adicionar uma camada extra de profundidade e complexidade à sua narrativa.

6. Crie um Desfecho Contrário à Realidade dos Fatos

Ao criar um desfecho contrário à realidade você desafia as expectativas e pode surpreender seus leitores. Pense em como esse desfecho se alinha (ou deliberadamente contrasta) com os temas e mensagens da sua história. Certifique-se de que ele seja satisfatório e faça sentido dentro do contexto da narrativa, para que não pareça forçado ou incongruente. Trabalhar com um final inesperado pode ser um exercício criativo gratificante e tornar sua história memorável.

7. Explore as Emoções e Sentimentos Vividos

Sua vida é uma fonte rica de emoções e sentimentos que podem ser explorados na ficção. Talvez você tenha enfrentado desafios, superado obstáculos, vivido alegrias e tristezas profundas. Esses sentimentos podem ser a base para criar conexões emocionais profundas entre seus personagens e seus leitores. Pergunte a si mesmo como se sentiu em diferentes momentos e como essas emoções podem ser trabalhadas dentro da trama. Isso pode acrescentar uma profundidade realista e tocante à sua obra.

8. Utilize Lugares Reais Como Inspiração para os Cenários

Os lugares que você visitou ou viveu ao longo da sua vida podem servir como inspiração para os cenários da sua história. Pode ser a casa onde cresceu, uma cidade que visitou, ou até mesmo um local de trabalho. Descreva esses lugares com detalhes, adicionando elementos fictícios, se necessário, para se encaixar na trama. Isso não apenas cria uma conexão pessoal com os locais da sua história, mas também dá vida ao mundo em que seus personagens habitam. A familiaridade com esses cenários permitirá que você escreva sobre eles com autenticidade e originalidade.

Exemplo de história baseada em fatos e elementos da vida real

Nina cresceu em uma pequena cidade costeira chamada Porto Luz, um lugar pitoresco com ruas estreitas e casas coloridas, aninhadas entre colinas ondulantes e praias douradas. Era um lugar cheio de magia e mistério para uma jovem imaginativa como ela.

Na infância, ela e seu irmão, Tom, exploravam as praias, procurando conchas e pedras preciosas. Eles também subiam as colinas, onde diziam viver uma bruxa que tinha o poder de conceder desejos. A bruxa era uma criação da imaginação deles, uma figura mística baseada na velha senhora que vivia no topo da colina e cultivava ervas.

Conforme Nina cresceu, ela se apaixonou por Lucas, o filho do pescador. Mas o amor deles era proibido, pois suas famílias eram rivais devido a um conflito antigo. Mesmo assim, eles se encontravam às escondidas, seus corações batendo como um só.

Mas a vida tinha outros planos. Uma tempestade devastadora atingiu Porto Luz, destruindo barcos, casas e separando Nina e Lucas. Ela foi levada para a cidade grande pelos pais, que buscavam um novo começo.

Na cidade, Nina encontrou trabalho como escritora, usando suas memórias da infância, a magia da pequena cidade, o romance proibido e a dor da separação como inspiração para suas histórias.

Anos depois, ela recebeu uma carta. Era de Lucas, que havia sobrevivido à tempestade e agora era capitão de seu próprio barco. Ele a convidava para voltar a Porto Luz.

Com o coração aos pulos, Nina retornou, encontrando a cidade reconstruída e Lucas esperando por ela no cais.

A bruxa da colina, a velha senhora que eles imaginavam em sua infância, havia falecido, mas em seu testamento, deixara a casa para Nina, como se soubesse do poder que suas histórias e sonhos infantis tinham.

Nina e Lucas se casaram na praia, sob o brilho da luz do porto, unindo não apenas dois corações apaixonados, mas também duas famílias antes rivais.

Estude, Planeje, Faça Rascunhos e Comece Seu Livro

Escrever é um ofício que exige dedicação e trabalho duro. Não espere que uma grande ideia caia do céu. Muitas vezes, as melhores ideias vêm do empenho, estudo, e planejamento. Utilize as ideias que fornecemos como um guia, faça seus rascunhos, pesquise, planeje, e comece a escrever.

Lembre-se, sua vida é repleta de histórias, emoções, conflitos e personagens interessantes. Você tem tudo o que precisa para criar uma obra fascinante e única. Portanto, inspire-se em si mesmo, use sua imaginação, e comece a transformar sua realidade em ficção. E nós da Editora Viseu teremos o maior prazer em publicá-la para o mundo inteiro ler!

Compartilhar

Outros Artigos

Saiba o que faz um editor de livros
Dicas de publicação

Editor de livros: quem é e o que faz?

A figura do editor de livros pode parecer um tanto nebulosa para muitos autores. Afinal, quem é esse profissional e o que ele faz? O

PUBLIQUE SEU LIVRO

Informe seus dados
para iniciar sua jornada
de publicação.
Um de nossos Consultores Editoriais
entrará em contato com você para
conversar melhor e explicar como
você pode publicar o seu livro!