Pular para o conteúdo
Conheça os processos de uma editora de livros

Como funciona uma editora de livros?

Para alguns autores, uma editora parece um local mítico inalcançável, no qual entra um manuscrito e sai um livro publicado. Embora possa soar como mágica, a publicação de um livro dentro de uma editora é um processo trabalhoso e cheio de detalhes

Uma boa casa editorial é formada por várias engrenagens, girando em conjunto para entregar livros de qualidade para seus leitores. Coordena diversas etapas, dependendo de uma equipe multidisciplinar para alcançar o melhor resultado.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como exatamente funciona esse tipo de organização. Quais profissionais fazem parte de uma casa editorial? Quais suas formações? Como é o fluxo de trabalho dentro de uma casa editorial? 

Neste artigo, iremos explicar como funciona uma editora de livros, que tipo de profissionais a formam e como atuam na edição, publicação, divulgação e distribuição do livro. Fique com a gente e confira!

Como funciona uma editora de livros?

O que é uma editora?

Uma editora é uma empresa especializada na publicação de livros. Atua no mercado editorial como uma produtora de música atua na indústria fonográfica, descobrindo e promovendo talentos e fomentando a cultura no país. Podem ter diversos tamanhos, segmentos e modelos de negócio.

Sua função é acompanhar um manuscrito desde seu envio à editora até a publicação, divulgação e distribuição da obra. Oferece sua expertise para os autores, de modo a guiá-los pelos processos de publicação de um livro e garantir que ele tenha qualidade ao chegar ao mercado editorial.

Possuem a experiência e qualificação necessária para apontar caminhos para o sucesso do manuscrito, assegurar que ele esteja livre de erros, garantir um design bonito e funcional, fazer os registros da obra corretamente, distribuir os exemplares nas melhores livrarias e marketplaces e divulgar o livro para o público.

Como funciona a publicação em uma editora?

O processo de publicação é composto por diversas etapas. Nele, atuam os editores, revisores, tradutores e designers editoriais. São eles que transformam um bloco de texto bruto em um livro lapidado, pronto para publicação.

Análise de originais

A publicação inicia com a análise dos originais enviados por autores ou agentes literários, assim como a seleção dessas obras para publicação. 

Se uma editora tem uma produção grande e costuma negociar os direitos de muitas obras internacionais e nacionais, muitas vezes destinam-se pessoas apenas para isso, os chamados editores de aquisição. Após essa seleção, negociam-se os direitos autorais e, a partir disso, um contrato de publicação é firmado.

Copidesque

Após a seleção dos livros, negociação de direitos autorais e contrato, entram em ação os editores de texto, que realizam o copidesque do manuscrito, também chamado de preparação de texto. 

Durante essa fase, o texto passa por um processo de edição aprofundado, no qual podem ser feitas alterações significativas, como retirada e inclusão de capítulos, mudança em personagens e até mesmo alterações no nome da obra para tornar o título do livro mais marcante.

Revisão de texto

Finalizado o copidesque, o texto é encaminhado para a revisão, na qual passa por um pente fino. Nesta etapa, o profissional busca quaisquer erros de gramática, sintaxe, pontuação e outras inconsistências para eliminá-las. 

É um processo mais técnico e muito detalhista, focado na correção ortográfica da obra, mas sem alterar a estrutura do livro.

Diagramação

Com a revisão concluída, o texto encaminha-se para a diagramação. É quando o livro começa realmente a tomar sua forma final, a partir da tipografia, layout e formato escolhidos. 

Os profissionais seguem uma série de convenções para aliar uma leitura confortável a uma estética agradável. Após a diagramação, faz-se a correção da prova, para assegurar que questões técnicas de diagramação como espaçamento e hifenização estão corretas.

Capa do livro

Paralelamente, um capista se encarrega de criar a capa do livro. São levados em consideração, além do próprio conteúdo do livro, seu gênero literário e tendências do mercado editorial. 

Essa é uma etapa fundamental, visto que uma boa capa de livro pode atiçar a curiosidade do público leitor e fazer com que se interesse pela obra.

Registros

Com o livro diagramado e a capa feita, são realizados os registros da obra como ISBN e ficha catalográfica por bibliotecários, além do depósito legal. 

Essa etapa assegura legalidade, profissionalismo e permite a comercialização do livro, além de proteger os direitos autorais da obra.

Impressão e distribuição

Assim que os arquivos são fechados, eles são enviados à gráfica para impressão. Algumas editoras possuem gráficas próprias, mas a maioria firma parceria com outras empresas. 

Quando os exemplares estão prontos, são enviados para livrarias e marketplaces de todo o país através de uma rede de distribuição.

Divulgação e marketing

Para que o livro alcance seu público, desenvolve-se um plano de marketing de modo a divulgar a nova obra. A partir de uma pesquisa de mercado e de nicho literário, são realizadas entrevistas, promoções, eventos de lançamento, matérias, posts em redes sociais e produção de book trailers. 

Assim, além de aumentar o número de exemplares vendidos, as vozes e histórias dos autores são potencializadas.

Quem trabalha em uma editora?

Como você pode ver, são muitas as etapas dentro de uma editora de livros. De contratos a design de capas, é um processo interdisciplinar, que demanda a atuação de diversas pessoas. Aqui estão os profissionais mais comumente encontrados nessas empresas: 

Editores

Os editores de livros fazem parte de todos esses processos, coordenando diversos projetos editoriais e profissionais ao mesmo tempo.

São eles que acompanham os livros e mantém contato com o autor, além de atuar de forma mais profunda no manuscrito. Podem ter diversas formações, mas normalmente vêm de cursos como Jornalismo, Letras ou Produção Editorial.

Tradutores

Os tradutores são responsáveis pela tradução de um livro, atuando sobre obras internacionais que serão publicadas no Brasil.

São grandes conhecedores de línguas, essenciais para trazer diferentes culturas e histórias para o país e normalmente são formados em Letras.

Revisores

Os revisores são responsáveis pela revisão de texto da obra, assegurando que o livro não tenha erros gramaticais ou de sintaxe. A formação em Letras é a mais comum dentre esses profissionais.

São a última barreira que impede erros e inconsistências de serem publicados, tendo grande atenção aos detalhes e responsabilidade.

Designers

Os designers editoriais criam o visual do livro, atentando-se a aspectos como tipografia, escolha de cor, ilustrações e layout. Podem ser ilustradores, diagramadores e capistas.

São formados em Design Gráfico, Artes ou áreas correlatas. Além de serem muito criativos, devem ter vasto conhecimento de técnicas de design, tendências de mercado e ferramentas de edição.

Bibliotecários

Os bibliotecários são responsáveis por registrar as obras dentro de uma editora. Atuam para garantir que o livro esteja catalogado de acordo com as normas e leis brasileiras, garantindo a proteção dos direitos autorais do autor e da obra.

São formados, obrigatoriamente, em Biblioteconomia.

Profissionais de marketing

Os profissionais de marketing atuam sobre a divulgação do livro, fazendo com que o autor e sua obra alcancem o público. Ficam responsáveis por criar campanhas que fomentem o interesse pela obra e devem estar sempre atentos às tendências do mercado editorial.

Normalmente, são formados em Marketing, Publicidade e Propaganda ou Comunicação Social.

Tipos de editoras no Brasil

Existem diversos tipos de editoras, de diferentes nichos e segmentos, mas o que melhor as diferencia é o modelo de negócio no qual atuam. Atualmente, existem dois modelos no mercado:

Editoras tradicionais

As editoras tradicionais são os grandes grupos editoriais do Brasil. Publicam obras internacionais e nacionais, de acordo com sua linha editorial. A empresa arca com todos os custos da publicação e o autor é pago com uma porcentagem das vendas do livro.

Nesse modelo de negócios, o autor envia o manuscrito à editora, que o recebe e realiza a análise do material. A partir disso, entram em contato com o autor para realizar a publicação, oferecendo um contrato para a negociação dos direitos autorais, que normalmente inclui um adiantamento, de acordo com primeira tiragem.

Em editoras tradicionais, o autor não desembolsa nenhum valor para ter sua obra publicada, já que a casa editorial cobre todos os custos de publicação, divulgação e distribuição do livro. Sendo assim, essas empresas encaram os autores como investimentos que precisam dar retorno, apenas apostando em obras nas quais enxergam potencial de venda.

Muitas vezes, pelo volume de obras que recebem todos os dias, essas editoras apenas aceitam manuscritos enviados através de agentes literários, ou se fecham completamente para o envio de originais. O autor iniciante não só compete com outros autores de seu nível, mas também autores internacionais renomados e influenciadores.

O resultado disso é que a probabilidade de um autor iniciante conseguir ser publicado por uma editora nesse modelo é ínfima, visto que, além de numerosa, a concorrência é extremamente qualificada. 

Além disso, o escritor tem pouco controle sobre sua obra nesse modelo de publicação, já que todas as etapas ficam a cargo da casa editorial. Nos ganhos, é o mesmo esquema: por ter investido sozinha na obra, a editora fica com a maior parte dos lucros, repassando apenas de 8% a 10% do valor de capa do livro para os autores.

Editoras especializadas em novos autores

As editoras especializadas em novos autores, também conhecidas como editoras prestadoras de serviços, publicam uma diversidade de obras em seus catálogos. São voltadas para a publicação de novos talentos, oferecendo seus serviços editoriais a escritores iniciantes.

Atuam em parceria com os autores, utilizando sua experiência no mercado editorial para oferecer a possibilidade de publicação a esses profissionais mais desconhecidos. Normalmente, são abertas a originais de todos os gêneros, promovendo a diversidade de perspectivas em suas publicações.

Nesse modelo, o autor toma parte no investimento, em uma participação mais ativa, contratando os serviços da casa editorial. A editora apresenta os custos do processo de modo transparente e claro, com um cronograma da publicação e todo o suporte necessário para os escritores.

Sendo assim, o autor tem maior poder de decisão sobre os processos de publicação, garantindo que sua voz chegue como deseja aos leitores. 

Além disso, a porcentagem de royalties é muito maior, podendo chegar até a 50% dos lucros da obra. Nesse modelo, o autor ainda mantém o profissionalismo de uma editora, mas tem maior certeza da publicação de seu livro, um processo mais prático e rápido e uma porcentagem maior nos ganhos. 

Atenção: algumas empresas nesse modelo oferecem apenas serviços de edição e impressão, sem considerar a distribuição, vendas e marketing da obra. É importante pesquisar bem antes de firmar um contrato, assegurando um serviço completo, de qualidade e que atenda a todas as expectativas do autor e do mercado.

A Editora Viseu oferece seus serviços para novos autores de maneira completa. Além de serviços editoriais, acompanha seus autores após a publicação, com serviços de distribuição e marketing para seus livros. Com mais de 7.000 obras publicadas e mais de 2,5 milhões de cópias vendidas, é uma das maiores editoras desse modelo do país.

Caso queira uma análise editorial gratuita de seu material, não deixe de nos enviar seu original finalizado. Um dos nossos editores entrará em contato, com uma análise  do seu livro e uma proposta de publicação feita para você.

Uma editora de livros coordena todas as etapas do processo de publicação, desde a avaliação de manuscritos até o lançamento, distribuição e divulgação da obra. É formada por diversos profissionais, que atuam nas diferentes etapas do processo de publicação.

Com essa leitura, esperamos que você tenha um entendimento mais amplo sobre como funciona uma editora de livros, os profissionais que atuam dentro dessas empresas e os tipos que existem no Brasil. 

Quer conhecer como funciona a publicação de um livro ainda mais profundamente? Baixe nosso guia de Como publicar um livro em 2024 e saiba tudo sobre o processo de publicação de um livro.

Compartilhar

Outros Artigos

Protagonista: saiba por que ele é fundamental para sua história
Dicas de escrita

Protagonista: como fazer seu personagem principal brilhar

A criação de personagens é uma grande dificuldade entre autores. Muitas são as questões às quais se atentar: verossimilhança, profundidade, falas, personalidade… Esses pontos se

PUBLIQUE SEU LIVRO

Informe seus dados
para iniciar sua jornada
de publicação.
Um de nossos Consultores Editoriais
entrará em contato com você para
conversar melhor e explicar como
você pode publicar o seu livro!