Pular para o conteúdo
Warp processo criativo

Não é uma história sobre heróis e vilões, é uma história sobre um rapaz alternativo que encontra seu lugar no mundo

Nesta entrevista exclusiva, mergulhamos no universo criativo de Victor Coelho, autor da obra “Warp”. Revelando as camadas por trás da criação de sua narrativa, o autor compartilha insights sobre as inspirações que moldaram o livro, sua conexão pessoal com a história e os desafios enfrentados durante o processo de escrita. 

“Warp” é descrito não como uma simples divisão entre heróis e vilões, mas como a jornada de um jovem em busca de seu lugar em um mundo repleto de indivíduos extraordinários, conhecidos como Aprimorados. 

Através de uma conversa íntima, o autor destaca a importância da aceitação, a influência de personagens icônicos como Homem-Aranha e X-Men em sua obra, e a dinâmica significativa entre os personagens Noah e Alan. 

Além disso, Coelho esboça seus planos futuros para expandir este universo narrativo, prometendo aos leitores mais aventuras envolventes neste fascinante cosmos literário.

1.O que o inspirou a escrever o livro?

Victor Coelho: Desde que me conheço por gente, eu tenho uma imaginação muito aflorada, além de sempre amar histórias de super heróis, então acho que chegou um momento onde essas duas coisas se cruzaram. 

Eu tenho muitas histórias para contar, mas queria usar um ponto de partida, ter um personagem que seria os olhos do público, então decidi contar a origem do Warp, que acredito que servirá bem esse papel.

2.Como a sua experiência pessoal se reflete nos temas abordados no livro?

Victor Coelho: Em muitos pontos na verdade, eu me inspiro em várias pessoas que conheço e em coisas que acontecem comigo para escrever minhas histórias. 

O próprio Noah é minha representação nesse universo, então tem muito de mim nele.

3.Pode nos contar um pouco sobre o processo criativo por trás deste livro?

Victor Coelho: A ideia sempre foi ter um universo vivo, que parece que está ali faz um tempo, onde o personagem principal não é o responsável por tudo, somente está reagindo ao mundo. 

Com isso, eu parti do ponto de que não contaria de forma explícita algumas coisas: a origem dos Aprimorados, que são essas pessoas que têm poderes; a origem dos Stellar, o principal grupo de heróis dessas histórias; e não menos importante, um vilão, já que o foco é a origem do Warp, pelo menos por enquanto.

Um dos pilares da escrita do livro foi, sem dúvidas, fazer uma história fácil de ler para trazer novos leitores, já que estamos em uma geração onde conteúdos muito extensos são deixados de lado rapidamente.

4.Quais foram suas principais referências criativas para escrever o livro?

Victor Coelho: As principais inspirações foram, sem dúvidas, o Homem-Aranha, que é um personagem consagrado e que eu aprecio muito.

Outra inspiração foi a série X-men, que aborda bem esse conceito de pessoas com poderes na sociedade, algo que é somente uma pontinha em Warp, mas será muito importante ao decorrer das histórias subsequentes.

5.Existe algum trecho do livro que você gostaria de citar?

Victor Coelho: Eu gosto muito do momento em que Alan e Noah verdadeiramente se conectam, se tornam melhores amigos, ele, como um rapaz que sabe como é se sentir em um corpo que não é seu, traz conforto à Collins ao se sentir visto.

 

6.Quais foram os principais desafios que você enfrentou ao escrever o livro?

Victor Coelho: Acredito que foi a maneira de começar as histórias desse mundo mais urbano e cheio de Aprimorados. 

Tinha várias ideias, mas nenhuma me preenchia, então eu acredito que começar com a origem do Warp acabou sendo o que eu precisava.

7.Como você espera que seu livro impacte os leitores? Existe uma mensagem principal que você deseja transmitir?

Victor Coelho:  Aceitação. Não é uma história sobre heróis e vilões, é uma história sobre um rapaz alternativo que se encontra em um grupo de pessoas diferentes, conseguindo finalmente explorar esse lado seu que estava adormecido.

8.Há algum personagem ou história no livro que você considere particularmente significativo?

Victor Coelho: Como mencionado anteriormente, acredito que a relação de amizade de Alan e Noah é algo que é mais significativo para mim, por mais que seja breve por enquanto, ela ainda vai ser mais aprofundada futuramente.

9.Como você acredita que a Literatura pode contribuir para a vida dos leitores?

Victor Coelho: A Literatura é importante para várias questões, mas acredito que o principal seria expandir a imaginação das pessoas, algo muito importante, já que nunca te deixará

sem opções para resolver uma situação ou simplesmente para encontrar novos jeitos de se divertir.

10.Quais são seus planos futuros como escritor? Há novos projetos em desenvolvimento?

Victor Coelho: A minha ideia é colocar no papel mais contos desse universo, eu tenho vários personagens e histórias que desejo compartilhar com o público, e espero que estejam dispostos a ler. 

Antes de continuarmos com a linha de Warp, tendo Stellar e a Legião do Desespero, haverá uma produção mais fantasiosa, explorando o Mundo Mágico desse universo.

11.Você vai fazer evento de lançamento do livro? Quando e onde será?

Victor Coelho: Não farei, mas perto do dia do lançamento, dia 22 de Março, lançarei um vídeo falando um pouco mais sobre Warp lá no meu canal do youtube (@duckz659)!

Compartilhar

Outros Artigos

Saiba o que faz um editor de livros
Dicas de publicação

Editor de livros: quem é e o que faz?

A figura do editor de livros pode parecer um tanto nebulosa para muitos autores. Afinal, quem é esse profissional e o que ele faz? O

PUBLIQUE SEU LIVRO

Informe seus dados
para iniciar sua jornada
de publicação.
Um de nossos Consultores Editoriais
entrará em contato com você para
conversar melhor e explicar como
você pode publicar o seu livro!